terça-feira, 21 de julho de 2009


Os ponteiros do relógio são incertos
O tempo não pode ser preciso
Sinto muito sua falta
Apesar do pouco tempo
Gostaria de novamente encontrar-te
Sentir o calor de seu sorriso
A força de sua presença
Olho os casais que rodam
Sorrisos e olhares de cruzam
E os meus perdem-se no vento.

Por Ana Carolina Giorgion

0 comentários:

Postar um comentário

Poll

Lorem Ipsum

Total Pageviews

Tecnologia do Blogger.

About Me

About Me

Ocorreu um erro neste gadget

Popular Posts