quarta-feira, 24 de junho de 2009

O tempo passa
Os dias já não pssuem
O mesmo tempo
Minha vida está desordenada
Meus sentimentos bagunçados.

O dia se desdobra
As horas correm
Cada vez mais rápidas
quero estar ao seu lado
Mas ainda não posso.

Os minutos voam
Parecem segundos
Não são mais iguais
Sua presença me entorpesse
Queria ficar mais tempo com você.

A noite se prolonga
Queria dormir em paz
Porém sua imagem não sai da memória
Seu cheiro me inebria
E o sono me adormece.

Os primeiros raios surgem
O tempo passa
O dia se desdobra
Os minutos voam
A noite se prolonga
E nessa sincronia a morte se aproxima.

Por Ana Carolina Giorgion

0 comentários:

Postar um comentário

Poll

Lorem Ipsum

Total Pageviews

Tecnologia do Blogger.

About Me

About Me

Ocorreu um erro neste gadget

Popular Posts