sexta-feira, 19 de junho de 2009



LEMBRANÇAS


Os dias passam
Não apaga da memória
O calor de seu sorriso
Tento esquecer aquele dia
Mas minha mente é traiçoeira
Revive em sonhos casa segundo
Cria situações inusitadas
Traz-me seus lábios sobre os meus
Tento apagar-te com o esquecimento
Mas fora fincado em rochas
Por momentos solenes
Trouxes-te-me de volta a inspiração
Palavras nunca usadas são abusadas
Sinto o fulgor da manhã
Espero com anseio um novo dia
Vibro com cada instante
E os dias parecem meses
A incerteza do reenconto me apavora
Gostaria de dominar-te
Mas nem mesmo a mim domino
A única certeza que resta
É a incerteza de minhas palavras.
POR ANA CAROLINA

1 comentários:

daya_roma disse...

fikou realmente ótimo ..LINDISSIMO

Postar um comentário

Poll

Lorem Ipsum

Total Pageviews

Tecnologia do Blogger.

About Me

About Me

Ocorreu um erro neste gadget

Popular Posts