PROCURA-SE

sexta-feira, 19 de junho de 2009


Tudo parece conspirar contra mim. Estou cansada desta solidão. Quero alguém que se orgulhe de mim, alguém que seja feliz por me ter ao seu lado. Preciso de alguém que recuse sair com os amigos, para chegar mais cedo em casa para fazer o jantar e me esperar ansioso.

Procuro uma pessoa que, sem motivos, me surpreenda com uma simples rosa. Só pelo prazer de me ver sorrindo. Quero aquele que espere na porta do meu serviço para me levar para caminhar e olhar a beleza da lua.

Simplesmente procuro um homem de verdade. Não daqueles que se encontra em qualquer parada de ônibus. Quero aquele que entenda meus momentos difíceis durante certos períodos.

Procuro um para afogar minhas lágrimas em seu peito e esconder-me em seus braços. Preciso de um que me domine nos momentos certo e que se deixe dominar quando necessário.

Exijo um homem de verdade. Um homem que saiba sorrir quando estiver feliz e que chore quando sentir dor. Que grite, pule, sofra e que acima de tudo me ame como sou.

Quero um homem que retribua todo amor que eu guardo a muito em meu peito.

Procuro não um príncipe encantado, pois sei que ele não existe. Mas sim aquele que me amará como mulher e me fará feliz.


POR ANA CAROLINA

2 comentários:

Anderson Cristiano da Costa disse...

Anônimo

Existe uma pessoa desconhecida que chora por mim toda vez que o sol desaparece no horizonte.
Chora sem saber a razão,
E olha pela janela, e pensa como seria bom olhar nos meus olhos,
E ver-se neles, e compreender que está no meu coração.

Nos dias de chuva, essa pessoa desconhecida contempla as gotas escorrendo pela vidraça, e pensa como seria bom tocar minha pele, e sentir o calor que de meu corpo emana,
E saber que minh’alma é somente dela.

Na rua, essa pessoa procura avidamente um rosto desconhecido,
E olha para o céu, e uma lágrima escorre por sua face triste.

Ah, mas se soubesse o que se passa aqui,
Ela sorriria, e a magia nunca mais seria a mesma.
E eu não seria mais um desconhecido neste mundo de tantos amores.


Todas as pessoas do mundo procuram alguém... que se esconde não se sabe onde.

Abraços

Anderson

Suellen disse...

LindoO poema Carol...Bjoo moçaaa

Postar um comentário

Poll

Lorem Ipsum

Total Pageviews

Tecnologia do Blogger.

About Me

About Me

Ocorreu um erro neste gadget

Popular Posts