segunda-feira, 9 de dezembro de 2013




A água escorre por meu corpo
Quero afastar todos os questionamentos de meus pensamentos
Ouço diversas vozes
Será que falam de mim?
Tampo os ouvidos com as mãos
De nada adianta
As vozes estão em minha mente
Deixo a água escorrer por minha cabeça
Meus cabelos escorrem por meu rosto
O som da água batendo em meu cabelo faz um barulho diferente
Parece um furacão, uma tempestade
As vozes uma a uma se calam
Dão lugar a uma tormenta ruidosa e calma
Meus questionamentos são apagados por um minuto
Tento lembrar de uma voz amiga
Tento buscar na memória um rosto amigo
Quero encontrar um abraço amigo
Só assim este simples minuto poderá aumentar por alguns momentos.

Por Ana Aratfenien

0 comentários:

Postar um comentário

Poll

Lorem Ipsum

Total Pageviews

Tecnologia do Blogger.

About Me

About Me

Ocorreu um erro neste gadget

Popular Posts